Mês da Música - Paz mental

 

"Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize." João 14:27.

    Muitas pessoas anseiam por esta profunda paz e contentamento que podem perceber nas pessoas que aprenderam a viver a vida com confiança, felicidade e entusiasmo.

    Este estado mental origina-se da determinação de um reto pensar. É o estado mental que Jesus prometeu a todos que atendessem ao seu convite para segui-lo.

    Conseguimos focar nossas mentes a respeito de alguns conceitos e idéias. Alguns têm muita dificuldade para esta prática, dizem não serem capazes de ajudarem-se a si mesmos, simplesmente não conseguem focar-se. Isto não é verdade. Há outros fatos que interferem nesta prática: Preguiça, depressão, insegurança, desespero. Estas condições não desaparecem sem esforço próprio. Podemos regular o nosso pensar, assumindo o comando de nossas vidas.

    Jesus disse que deixara a sua paz conosco e que não deveríamos temer nem turbar nossos corações. É mais fácil dizer do que fazer, diriam alguns. Se não utilizarmos a nossa força mental para controlarmos o nosso pensar, ou seja, o que pensamos e como pensamos; não teremos aquela paz que Jesus deixou.

    Um grande auxílio que podemos utilizar para este objetivo é a música. A música tem o poder de fazer penetrar em nossas mentes princípios e conceitos profundos e poderosos. Por certo que não é toda música que trará ensinos valiosos e profundos, e capazes de trazer-nos paz. A música sacra é o instrumento de Deus para alcançar o recôndito de nossos corações para fazer repousar ali a paz de Deus. A música na igreja não preenche espaços vazios na programação do culto: ela preenche corações vazios da paz de Deus.

    Ao iniciarmos este mês da música, valorizemos o esforço e dedicação de todos aqueles que desenvolvem o seu talento musical, fazendo-o instrumento de Deus para edificação de vidas, para edificação da igreja, para proclamação da fé que salva, para enlevo espiritual de cada um de nós. Para reafirmar os pilares que sustentam a cristandade.

    Hoje são seis de Novembro de 2011, Jesus Cristo ainda não voltou.

    Do seu irmão e amigo, Reverendo Pastor Ricardo dos Santos. 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!