Para onde iremos nós?

 

“Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos?” Jo 6:68 a.

    Hoje estamos vivendo o segundo Domingo do ano de 2012, a primeira semana já passou, voltamos a nossa rotina... Será que mudou alguma coisa? Na verdade, nada mudou. A agitação das festas de fim de ano nos faz perder por um pouco de tempo, o foco do nosso cotidiano. Tudo permanece exatamente igual. Ao olharmos para trás, veremos que continuamos com as mesmas lutas do ano que passou. Alguns assuntos foram encerrados, outros, apenas postergados... É a vida que segue o seu rumo.

    Como devemos encarar este novo desafio que se apresenta diante de nós: o novo ano? Em primeiro lugar, creio que deveríamos encará-lo muito mais como um presente do que como um desafio. Lembro-me do antigo cântico que entoávamos por ocasião de aniversários... “Um ano mais de vida, guardou-nos o Senhor, e deu nos céus guarida por seu divino amor...” É desta forma que devemos olhar cada novo ano que iniciamos: como presente de Deus, como demonstração de seu amor por nós. Ele nos guardou, Ele nos preservou, Ele ainda nos quer neste mundo! Precisamos buscar entender qual o propósito de Deus para nós aqui.

    Como prosseguir neste novo ano, então? Andando para frente sempre. O caminho nem sempre será reto e nivelado. Os dias nem sempre serão ensolarados. As soluções nem sempre parecerão fáceis. Os problemas parecerão nunca ter fim. A saúde nem sempre estará plena. As finanças nem sempre estarão com sobra. Mas temos um caminho a seguir; não somos como a personagem do conto “Alice no país das maravilhas” que não sabia que direção tomar. Por isso, ela recebeu como resposta que numa situação como esta qualquer caminho serve! Nós sabemos qual é o caminho, nós conhecemos o caminho. O caminho é Jesus.

    Coloquemos Jesus como nosso alvo ao fim deste ano novo (366 dias, não esqueça: ano Bissexto), é para Ele que iremos. A pergunta de Pedro é facilmente respondida agora: “Para quem iremos?” Iremos à busca de Jesus, o caminho, a verdade, e a vida. Se fizermos assim, este ano poderá ser chamado por nós de “dois mil e doce”.

    Hoje são oito de Janeiro de 2012. Jesus Cristo ainda não voltou.

    Do seu irmão e amigo, Reverendo Pastor Ricardo dos Santos. 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!